Direito Securitário

Direito Securitário

Direito Securitário

O ato de segurar ou de querer algo seguro cresce, exponencialmente, a cada dia, não somente em âmbito nacional, como, também, internacionalmente. No Brasil, sem dúvidas que, o modelo contratual que envolve o Direito Securitário possui como base o exposto pelo Código Civil.

Assim, a RICCIOPPO, CERQUEIRA & GIMENES tem enorme satisfação e excelência em atender clientes que se encontram em litígio na área de Seguros, visando, sempre, minimizar ou até mesmo, anular, eventuais perdas, quando temos conhecimento de que o objetivo maior do Direito Securitário é repor perdas.  

O Estado disciplina os seguros através da fiscalização que exerce sobre as Seguradoras, analisando operações desenvolvidas e as condições contratuais, conforme disposto em legislação específica. É um instituto de extrema importância, tanto ao empresário, como à pessoa física, por isto, nosso escritório auxilia e ampara, com muita eficiência, lealdade e excelência nossos clientes.

A RICCIOPPO, CERQUEIRA & GIMENES , em uma exemplar assessoria, é capaz de evitar e prevenir conflitos e desvios no âmbito dos contratos de seguros, e das relações a ele complementares, como o resseguro e retrocessão, bem como solucionar quaisquer litígios que esta área possa causar a nossos clientes, sejam eles, pessoas físicas ou jurídicas.

Com muita dedicação e paixão, a área de Direito Securitário, está lado a lado aos direitos e pretensões existentes em nosso ordenamento jurídico, possibilitando aos envolvidos em relações contratuais securitárias resultados práticos e de qualidade.

Com isto, o resultado é sempre o esperado: Alto grau de efetividade com aquilo que fazemos!

O nosso time de DIREITO SECURITÁRIO se divide nas seguintes áreas de atuação:

CONSULTIVA, PREVENTIVA e CONTENCIOSA:

  • Atuação em Seguro de Vida/Pessoas;
  • Atuação em Seguro de Automóveis;
  • Atuação em Seguro Residencial/Patrimonial/ Habitacional;
  • Atuação em Seguro Viagem;
  • Atuação em Seguro Rural;
  • Atuação em Seguro de Responsabilidade Civil;
  • Atuação em Seguro de Transportes e Carga;
  • Atuação em Seguro de Riscos Especiais;
  • Atuação em Seguro de Cascos;
  • Atuação em Seguro de Riscos Financeiros;
  • Atuação em Seguro de Crédito;
  • Atuação em Seguro Saúde;
  • Atuação em Seguro Marítimo;
  • Atuação em Seguro Coletivo;
  • Atuação em Seguro Aeronáutico;
  • Atuação em Seguro de Pessoas Individuais;
  • Atuação em Microsseguros;
  • Atuação em Previdência Privada.

Acontece

SEGURADORA DEVE COBRIR TRATAMENTO NÃO PREVISTO NO ROL DA ANS

Para desembargador, cabe ao médico especialista e não à seguradora eleger tratamento mais conveniente....

CLÁUSULA SOBRE EMBRIAGUEZ E SEGURADORAS

Cláusula sobre embriaguez não isenta seguradora de indenizar vítimas, diz TJ-SP...

SEGURO DE VEÍCULOS E A EMBRIAGUEZ

Seguradora não deve indenizar em caso de embriaguez do motorista...

1